Onde não sonhar não é permitido

31 Dez

Logotipo Ténis Almeirim

A Secção de Ténis da Ass.20 km de Almeirim baseia o seu trabalho no sonho. Para nós nada é impossivel. Não é impossivel sermos campeões regionais treinando 1/3 dos nossos adversários, não é impossível organizar-mos 11 torneios num ano sem termos uma sede em condições e não é impossível divertirmo-nos e rirmos enquanto fazemos tudo isso.

Numa terra relativamente pequena, onde a tradição do ténis não existia, as dificuldades desta secção nunca foi um entrave para o desenvolvimento de um bom trabalho. Em 2007 conquistámos o primeiro troféu, o vice-campeonato de Sub18 Femininos, e desde aí todos os anos os troféus têm vindo a somar-se na vitrine da secção.

Em 2008 repetimos a conquista, mas na variante masculina, e em 2009 conquistámos o primeiro titulo, na variante de Sub16 Femininas, troféu que foi revalidado em 2010 novamente.

Para além destes troféus, a aposta no convivio salutar entre todos os atletas nunca foi descurada, e a presença dos tenistas almeirinenses em torneios pela região e pelo país fora foi dando cada vez mais resultados, destacando-se o primeiro titulo de séniores por Ricardo Subtil, a primeira vitória num torneio de veteranos e em casa, por José Rodrigues e de Rui Lopes no escalão juvenil. Para além das vitórias, as finais e meias-finais foram também sendo cada mais, prova do trabalho consistente levado a cabo pelo professor António Féria, José Rodrigues e mais recentemente Diogo Narciso.

Os veteranos foram também uma aposta ganha do clube, que para além dos convivios habituais levados a cabo pelas diversas equipas, conquistaram dois vice-campeonatos no escalão de +35 em 2011 e 2012. Em campeonatos nacionais, José Rodrigues destaca-se também por ter vencido uma ronda em veteranos e Miguel Esteves, no escalão juvenil foi também o primeiro atleta a marcar presença no maior evento nacional do seu escalão.

Quanto à estrutura organizativa, o Ténis Almeirim nunca deixou de trabalhar e de produzir por não ter condições e estruturas ideais. Aliás, isso acabou por ser um incentivo à capacidade de trabalho e de dedicação de toda a estrutura, que em 2010 organizou 11 torneios num ano, entre eles, três Níveis B, segunda categoria de torneios em Portugal (acima, só os campeonatos nacionais), trabalhando afincadamente e de forma voluntária ao longo de um mês, na soma total dos dias dos torneios nesse ano.

Depois do produtivo ano de 2010, o Ténis Almeirim manteve a sua aposta nas principais provas, entre elas a Pink Cup Almeirim, único torneio exclusivamente feminino em Portugal, o Doubles Challenger Open, único torneio exclusivamente de Pares e o Torneio Sopa da Pedra, torneio Nível B que anualmente traz a Almeirim alguns dos melhores tenistas veteranos do país. Para além destes torneios, é de referir ainda o Torneio do Carnaval, que reuniu em 2011 83 atletas, sendo um dos torneios nivel C com mais atletas, realizados no país.

É ainda importante destacar aqueles que têm levado o nome da Ass.20 km ao topo dos rankings nacionais da modalidade, com diversos top10, top50 e top100 que têm demonstrado a subida do nível qualitativo dos atletas. José Rodrigues, Nº6; Beatriz Fernandes, Nº10, Rui Lopes, Miguel Esteves, Nº46, são todos eles resultados de destaque tendo em conta os escalões em que jogaram.

As conquistas, quer individuais quer colectivas conquistadas pelo clube são motivo de orgulho de toda a estrutura que de forma voluntária trabalha quase diariamente para que tudo corre pelo melhor. Os projectos construídos, as ideias levadas a cabo, a aposta em modalidades como o Speedminton e o Padel, bem como a expansão para outros concelhos como Santarém e Alpiarça, provam que os sonhos da secção de ténis da Ass.20km de Almeirim se têm vindo a realizar, e que as pessoas envolvidas no clube têm sido as melhores «máquinas» para levar a cabo todos os sonhos. Somos um clube sonhador, mas felizmente os resultados obtidos até ao momento, os momentos de convívio entre todos, permitem-nos continuar a sonhar e a colocar o ténis à frente de muitas outras coisas.

Para encerrar, e depois de referidas as conquistas por equipas, as primeiras conquistas individuais, os grandes torneios organizados em Almeirim, é importante referir toda a «montra» de atletas que  semanalmente levam o nome de Almeirim a todo o país através das suas raquetes e da cultura desportiva do clube, e que orgulham os seus pais, os seus treinadores e toda a estrutura directiva do clube.

Publicado no livro oficial dos 20kms Almeirim de 2012. 

Anúncios

2 Respostas to “Onde não sonhar não é permitido”

Trackbacks/Pingbacks

  1. O ano de virar a página | Tenis Almeirim - 27 27+00:00 Dezembro 27+00:00 2016

    […] 2012 […]

  2. Somos um clube de primeira | Tenis Almeirim - 27 27+00:00 Dezembro 27+00:00 2017

    […] 2012 […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: